OrigemNews

ÁreaRestrita



Auditorias


NewsLetter

Setor de transportes se recupera em 2017 e é único segmento de serviços a crescer no ano

25/02/2018

Mesmo com a queda de 2,8% no volume do setor de serviços em 2017, o segmento de transportes mostrou recuperação e cresceu 2,3% no ano, primeira alta desde 2014. Os dados são da Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), divulgada nesta sexta-feira (16/02) pelo IBGE. O levantamento apontou também uma variação positiva de 0,5% entre novembro e dezembro.

Este foi o primeiro segmento de serviços a fechar um ano no positivo desde 2014, quando os serviços de informação e comunicação (4,8%) e o próprio transporte (3,1%) registraram crescimento. Em 2015 e 2016, por exemplo, o volume neste último segmento caiu 6,1% e 7,6%, respectivamente.

“O que podemos destacar é que o transporte realmente foi o único que teve um crescimento consistente. Foi um segmento que teve, de fato, uma reação. Isso se deve ao setor industrial, que é o grande demandante desse serviço. Isso beneficia o transporte terrestre, o aquaviário – também impulsionado pelas exportações - e a armazenagem”, explicou o gerente da pesquisa, Roberto Saldanha.

As duas atividades que impulsionaram o segmento foram o transporte rodoviário e o aquaviário, que tiveram altas acumuladas em 2017 de 0,9% e 17,5%, respectivamente, enquanto armazenagem, serviços auxiliares e de correio cresceu 8,1%. Somente o transporte aéreo apresentou queda, com baixa de 19,4% no ano.

Na comparação entre este mês e igual mês do ano anterior, dezembro teve o primeiro resultado positivo para o setor de serviços após 32 meses. O crescimento de 0,5%, no entanto, ainda não é suficiente para apontar se essa é uma recuperação consistente do setor.

“Estávamos desde março de 2015 sem resultados positivos. É um resultado só, não podemos ainda afirmar que se trata de uma recuperação. Mas, lógico, é um fato positivo. Por enquanto, só podemos ver essa reação no segmento de transportes”, encerra Saldanha.

Fonte: IBGE

 Certificações