OrigemNews

ÁreaRestrita



Auditorias


NewsLetter

Em junho, R$ 345 bi foram registrados em movimentação de cargas no Brasil

19/07/2017

Segundo a AT&M Tecnologia, líder no processo de averbação eletrônica de transporte de cargas no país e responsável pelo registro e movimentação de quase 20 mil empresas do segmento, registrou no mês de junho R$ 345 bilhões em movimentação de transporte de cargas no país. Deste montante, R$ 253 bilhões em cargas foram registrados para efeito de seguros, incluindo o seguro de responsabilidade civil obrigatório, conforme resolução 247 do órgão federal SUSEP (Superintendência de Seguros Privados). Em junho de 2016, foram registrados R$ 271 milhões em movimentação de transporte de cargas, sendo que 186 milhões foram averbados com seguro. Ao mesmo tempo, que as movimentações de cargas apresentam dados positivos, os roubos e furtos também atingem todo o país. Segundo dados da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), de 2011 a 2016, o número de roubos de carga registrados no Brasil subiu 86%, passando de 22 mil casos por ano. Em 2016, os prejuízos com o roubo de cargas chegaram ao valor recorde de mais de R$ 1,4 bilhão, quase o dobro dos R$ 761 milhões registrados em 2011.

O sócio diretor da AT&M, Flademir Lausino de Almeida, explica que quando uma transportadora emite o documento de Conhecimento de Transporte (CT-e), isso fica registrado no sistema da Secretaria da Fazenda (SEFAZ) de cada estado. Ao mesmo tempo, para que a carga fique devidamente coberta pelo seguro, de forma online e automática, o emitente desse documento disponibiliza informações do conhecimento de transporte para o sistema de averbação eletrônica que checa o tipo de carga e consiste as informações básicas desse documento com o registro eletrônico da apólice (tipo de seguro trajeto da carga e valores). Tudo isso é checado em frações de segundos, para que, caso ocorra algum acidente, a carga esteja devidamente assegurada e a transportadora possa receber o “prêmio” da seguradora e não ter prejuízos. Por isso, que é importante que todas as cargas sejam averbadas, e nos casos de roubo ou perda, o segurado não tem prejuízo.

Fonte: Segs

 Certificações