OrigemNews

ÁreaRestrita



Auditorias


NewsLetter

Criminosos invadem empresa de transportes de valores no ABC, em SP, e queimam 11 carros na fuga

19/08/2016

Homens fortemente armados invadiram a sede da empresa de transportes de valores Protege, no Bairro Campestre, em Santo André, no ABC, na madrugada desta quarta-feira. Houve troca de tiros com os seguranças da empresa. Um segurança ficou ferido, mas passa bem. Ninguém foi preso. De acordo com a empresa, o dinheiro não foi roubado. Neste ano, esta foi a quarta grande ação de bandidos contra empresas transportadoras de valores. Outros ataques ocorreram em Santos (litoral), Campinas e Ribeirão Preto, no interior.

A tentativa de assalto aconteceu por volta das 3h. Testemunhas relataram tiroteio de cerca de 40 minutos de duração e muitas explosões. Os ladrões também teriam usado sinalizadores. A ação assustou moradores, que acordaram com barulho dos tiros na madrugada. De acordo com a polícia, que tenta identificar os envolvidos, mais de 20 criminosos participaram da ação. Há suspeita do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) de que o bando pertença às quadrilhas já investigadas em ataques recentes a outras empresas. Segundo o Deic, 26 pessoas foram presas este ano, envolvidas em assaltos deste tipo.

— Acordamos com barulho dos tiros. Nunca sentimos tanto medo. Era muito barulho de tiro e bomba. Queimaram um carro aqui ao lado da minha casa — conta a bancária aposentada Eleni Guimarães. Abalada, uma universitária, que pediu para não ser identificada, contou que uma das janelas da sua casa foi atingida por tiro.

Na fuga, os bandidos atearam fogo em pelo menos 11 veículos para evitar a aproximação da Polícia Militar. E ainda jogaram pregos no asfalto. Um feirante que seguia para o trabalho pela Avenida do Estado foi obrigado a descer do caminhão, que foi incendiado em seguida. Metros à frente, o grupo incendiou um outro caminhão dentro de uma oficina. Os ladrões ainda interditaram um viaduto na Vila Prudente (na capital), a Avenida Salim Farah Maluf. Em São Caetano do Sul, o bloqueio aconteceu na Avenida Goiás, uma das principais da cidade.

Uma caixa com dinamite foi encontrada nas proximidades da Protege e o Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate), da Polícia Militar, foi acionado. Segundo a polícia, não era dinamite, mas um material explosivo que tem sido usado nos ataques a caixas eletrônicos.

Confira a íntegra da notícia no site do O Globo

Fonte: O Globo

 Certificações