OrigemNews

ÁreaRestrita



Auditorias


NewsLetter

Travesti era carcereiro de motoristas que tinham sua carga roubada

05/05/2010

Um travesti foi preso no aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo, suspeito de manter reféns motoristas de caminhão que tinham suas cargas roubadas. A Polícia Civil afirma ter encontrado dificuldades para prender o suspeito porque as vítimas diziam que o carcereiro era uma mulher, enquanto as investigações apontavam para um homem.

O travesti, de 36 anos, foi preso no aeroporto quando tentava embarcar para Natal, na noite de domingo, dia 02.

Segundo a Polícia Civil, a participação de uma mulher “morena e forte” consta em pelo menos seis ocorrências de roubo de cargas nos últimos seis meses. Ele foi reconhecido por três motoristas. Os casos aconteceram nos meses de outubro e novembro de 2009 e em fevereiro deste ano, nos bairros de Vila Nova Cachoeirinha, Limão e Parque Novo Mundo, todos na Zona Norte.

O travesti recebia R$ 500 pelo serviço de carcereiro, dizem os investigadores. As vítimas ficavam em seu poder por pelo menos cinco horas, até que outros criminosos fizessem o transbordo da carga e desaparecessem com o caminhão.

Informações G1

 Certificações