OrigemNews

ÁreaRestrita



Auditorias


NewsLetter

24/06/2014

A Polícia Civil desarticulou na manhã desta segunda-feira (23) uma quadrilha suspeita de roubos a residências e empresas e clonagem de veículos em Caxias do Sul, na Serra do Rio Grande do Sul. Cinco pessoas foram presas, após dois meses de investigação. De acordo com os policiais, todos os presos possuem antecedentes por roubo e alguns por assalto a banco e carro-forte. Um deles estava cumprindo pena em regime semiaberto.

A Operação Esmeralda também apreendeu joias, armas (fuzil, espingarda e pistolas), munições, mais de 1 kg de maconha, 400 gramas de cocaína, 67 gramas de crack e cinco carros, sendo um deles blindado.

Segundo o delegado Mario Mombach, titular da Delegacia Especializada em Furtos, Roubos e Capturas (Defrec), o alvo preferencial da quadrilha era o roubo em residências e estabelecimentos comerciais. “As últimas ocorrências foram em assalto a residências e no comércio, com as vítimas sendo feitas reféns”, reforça Mombach. No entanto, todos são suspeitos de outras várias ações na Serra Gaúcha e municípios próximos.

“Há indícios de crimes também na Região Metropolitana. Temos cinco ou seis inquéritos específicos no último trimestre em que eles são suspeitos”, conta o delegado.

De acordo com a polícia, um dos presos é investigado por suspeita de ter integrado a quadrilha de  Elizandro Falcão, morto em um confronto com PMs em Cotiporã, em dezembro de 2012. “Ainda é prematuro para afirmar, porque estão em prisões temporárias, mas há indícios que alguns deles estavam envolvidos em grandes roubos, até pelo material que foi apreendido”, explica Mombach.

Fonte: G1

 Certificações