OrigemNews

ÁreaRestrita



Auditorias


NewsLetter

Assembleia discute roubo de cargas em Santa Catarina

10/04/2013

Santa Catarina é o segundo estado do país com maior incidência de roubos e furtos de cargas. Dados da Polícia Rodoviária Federal (PRF) apontam 405 ocorrências em 2012 e 23 já contabilizadas ente ano nas rodovias catarinenses. O presidente da Federação das Empresas de Transportes de Cargas e Logistica do estado de SC ( Fretrancesc), Pedro Lopes  pontuou os principais problemas que os atos criminosos vêm acarretando no estado, com danos à economia, às empresas e aos trabalhadores do transporte.

“É preciso uma atuação forte da Polícia Federal nas fronteiras dos estados. As quadrilhas são articuladas e vendem as mercadorias fora do estado”, disse Lopes. Segundo a Fetrancesc, as regiões Oeste e Meio Oeste catarinense são as mais vulneráveis. Lopes disse que há trechos em que não há cobertura de comunicação e as quadrilhas estão usando dispositivos que interrompem os sinais de localização dos veículos.

REUNIÕES PERIÓDICAS - “Além da moção  que será encaminhada a  Secretaria de Segurança Pública pedindo a criação de uma delegacia especial de combate ao roubo e furto de cargas em Santa Catarina,  vamos realizar reuniões a cada três ou quatro meses para acompanharmos a evolução do assunto”, garantiu Eskudlark ao final da reunião.

Participaram  ainda da reunião, o diretor da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC), Delegado Laurito Akira Sato, o chefe de operações da Policia Rodoviária Federal, Fernando Machado de Magalhães, o coronel José Norberto de Souza, Comandante da Polícia Militar Rodoviária, o Delegado Anselmo Cruz, da Divisão de Furtos e Roubos da DEIC, o gerente da Opentach Gerenciamento de Riscos, Richard Harrisson, e Anselmo Schoppen Junior, diretor de uma empresa de transporte de medicamentos. Também os deputados  Ana Paula Lima (PT), Valmir Comin (PP), Darci de Matos (PSD), Antonio Aguiar (PMDB), Sargento Amauri Soares (PDT) e Reno Caramori (PP).

Fonte: Exame

 Certificações