OrigemNews

ÁreaRestrita



Auditorias


NewsLetter

BA: grupo escondia carros roubados em estacionamento de hospital

07/12/2012

A Polícia Civil da Bahia desarticulou uma quadrilha que escondia carros roubados no estacionamento do Hospital Infantil Esaú Matos, em Vitória da Conquista. O grupo era especializado em roubos de carros e caminhões na região e recebia ordens de dentro do Presídio de Jequié. Segundo informações da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos divulgadas nesta terça-feira, pelo menos dois veículos subtraídos pela quadrilha foram localizados no pátio da instituição de saúde.

As vítimas do grupo eram mantidas no porta-malas dos veículos e em imóveis na zona rural por até sete horas, tempo necessário para que seus carros fossem entregues aos receptadores de outras regiões da Bahia e norte de Minas Gerais. Segundo o delegado Cleber Rocha, os detentos Cristiane Klem de Oliveira, que cumpre pena por tráfico de drogas e roubo de caminhão, e Paulo Galdino da Silva, o "Popó", que também cumpre pena por roubo, agenciavam com outros internos do presídio a venda dos veículos subtraídos pelo bando.

O primeiro automóvel roubado localizado no estacionamento do hospital foi um Toyota Corolla. Subtraído no dia 11 de outubro, o carro teria sido usado pelos criminosos para roubar vários outros veículos e caminhões. Os agentes da delegacia identificaram ainda, no estacionamento hospitalar, um veículo GM Corsa roubado em 21 de novembro em Vitória da Conquista.

Ao monitorar o local, os policiais perceberam, na tarde do dia 26 de novembro, dois homens observando detalhadamente os dois veículos roubados ali mantidos. Os suspeitos foram identificados como Heygo de Oliveira Klem, o "Galego", irmão da presidiária Cristiane, com passagens pela polícia por tráfico de drogas, e Jackson Ferreira de Oliveira, o "Ciganinho", também envolvido com o tráfico e em roubo. Ambos portavam armas na cintura e, por estarem numa área hospitalar, os investigadores optaram por não abordá-los, evitando assim um possível confronto.

Suspeito morto

Por volta de 13h da última terça-feira, Heygo voltou ao estacionamento do hospital, de onde saiu dirigindo o Corsa. Perseguido por uma guarnição policial, fugiu em alta velocidade pela BR-116 e envolveu-se em um acidente nas imediações da Estação Rodoviária.

Segundo a polícia, o suspeito abandou o carro, atirou contra os agentes e entrou em um matagal. Após três horas de cerco, policiais localizaram o assaltante. Houve confronto e, alvejado, Heygo morreu após ser socorrido ao Hospital de Base.

Jackson Ferreira da Silva ainda está foragido. Na casa dele, a polícia apreendeu um revólver calibre 38. Em um outro imóvel, também no bairro Patagônia, os policiais prenderam em flagrante Cristiano da Silva, o qual escondia munições de calibres 38 e 32.

O delegado Cleber Rocha pediu a prisão preventiva de todos os integrantes da quadrilha, e busca esclarecer se funcionários do hospital facilitaram o acesso dos veículos roubados ao estacionamento.

Fonte: Terra

 Certificações