OrigemNews

ÁreaRestrita



Auditorias


NewsLetter

Em seis meses, SP tem 289 ataques a bancos

20/08/2012

O Estado de São Paulo registrou 289 ataques contra bancos entre janeiro e junho de 2012. Na comparação com o mesmo período do ano passado, o número representa um crescimento de 2%. Os dados foram divulgados ontem pela Contraf, entidade que representa trabalhadores do setor.

A pesquisa leva em conta os roubos – consumados ou não  –, “saidinhas de banco”, arrombamentos de agências, caixas eletrônicos e postos de atendimento.

O especialista em segurança Nilton Midgal alerta que o número é preocupante. “Temos quase dois casos por dia. Esses criminosos são oportunistas, menos preparados psicologicamente e são mais violentos.”

Os dados da Contraf divergem dos da Secretaria de Segurança Pública, que não classifica as “saidinhas” e as tentativas de assalto como roubo a banco em seu levantamento mensal.  No caso da primeira modalidade, a Pasta registra como “roubo ou furto a transeunte.”

O coordenador de segurança da Contraf, Ademir Wiederkehr, diz que a diferença ocorre porque alguns casos não são registrados.  “Para preservar a imagem, os bancos não procuraram a polícia”, explica.

A Febraban (Federação dos Bancos) diz que as instituições têm aumentado os recursos para segurança e fechado parcerias com órgãos públicos.

Fonte: Band

 Certificações