OrigemNews

ÁreaRestrita



Auditorias


NewsLetter

Faltam motoristas no mercado de transportes de cargas

13/04/2012

A falta de mão de obra qualificada está limitando o crescimento das empresas de transportes de cargas instaladas em Ponta Grossa, que somam aproximadamente 200 na cidade. Para tentar minimizar o problema muitas estão qualificando por conta própria. O Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas de Ponta Grossa (Sindiponta) está tentando viabilizar a implantação de uma escola permanente de formação de motoristas de cargas pesadas na cidade conhecida como capital dos caminhões.

Segundo o presidente do Sindicato das Empresas de Transportes de Cargas de Ponta Grossa (Sindiponta), Mauri Bevervanço, muitas empresas estão qualificando por conta novos profissionais para poder atender a demanda do mercado. O principal requisito no momento da admissão é que o profissional tenha Carteira de Habilitação do tipo E. “A dificuldade de contratar mão de obra qualificada é sentida pelo setor em todo o Brasil”, diz. O agravante, segundo ele, é que o apagão de mão de obra está limitando o crescimento do setor. “Sem profissional fica difícil aumentar a frota”, comenta.

Fonte: Jornal da Manhã

 Certificações